domingo, 25 de junho de 2017

Lançada a coletânea Mosh Like a Blasfemme

Hoje é um dia especial para o Blog Tosco Todo, que completa mais de 100.000 acessos. Pode parecer pouco para algumas pessoas, mas eu sei que não é fácil manter isso aqui funcionando, sem nenhum apoio, sem publicidade, nem nada. Mas sei que estou fazendo o que posso e acredito! E pra comemorar esse número expressivo, vamos de notícia bacana no underground! Uma coleta com bandas com meninas/mulheres em suas formações e produzida aqui no sudoeste baiano.
Os coletivos "Mosh Like a Girl" (Vitória da Conquista-Ba) e "Underground Blasfemme" (Brumado-Ba) lançaram recentemente a Coletânea "MOSH LIKE A BLASFEMME", que conta com 14 bandas, como Anti Corpos, Mórficos, Socialphobia, Manger Cadavre?, Arandu Arakuaa, dentre outras. A arte gráfica foi feita por Jess Cordeiro (Libertinus Records). O encarte da coletânea é em envelope, com mídia comum, acompanhado de um zine em seu interior.
Segundo a página do Coletivo Mosh Like a Girl: "Não vamos parar por aí, pretendemos promover eventos, mais lançamentos e a coletânea nos ajudará nesse processo, essa é a principal intenção, nos estruturar cada vez mais, ganhar mais espaço para que o grito do subterrâneo feminino ecoe cada vez mais alto no sudoeste baiano."
A coletânea custa R$ 5,00 + o valor do frete. Interessados na coletânea que moram nas cidades de Vitória da Conquista e Brumado - Bahia a entrega pode ser feita pessoalmente. Para Distros e Selos interessados em distribuir, preços diferenciados.
Maiores informações:

sábado, 24 de junho de 2017

Liberado documentário sobre Ariel, ícone do Punk do Brasil

 
Foi disponibilizado ontem, no canal do diretor Marcelo Appezzato, o documentário SEMPRE PELAS RUAS, que fala sobre a trajetória do poeta, músico e ativista punk Ariel Ulliana, ex-Inocentes e vocalista das bandas Restos de Nada e Invasores de Cérebros. Ariel é uma figura importante no nascimento do punk no Brasil, e que até hoje vivencia o punk rock na sua essência.
Em 2015, durante uma turnê da Cama de Jornal por São Paulo, tivemos a honra de ficarmos hospedados na casa de Ariel, e fomos muito bem recebidos por ele e por Tina, sua companheira de todas as horas. Uma experiência única para mim, poder vivenciar histórias dos primórdios do movimento punk no Brasil. Ariel tem um acervo imenso de fotografias, cartazes e panfletos dessa época, e ficávamos horas vendo tudo isso. E no documentário você pode ver isso e muito mais. Agora quando vejo, durante o documentário, Ariel com uma camisa da Cama de Jornal, percebo que tudo que fizemos e vivenciamos naquele dia em sua casa valeu muito a pena!
Dê o play e conheça mais sobre a história desse ÍCONE do Punk brasileiro!!!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Entrevista com Lecão do programa Vida Punk

O papo de hoje é com Lecão, vocalista da banda Amnésia Coletiva, e apresentador do programa Vida Punk, exibido no YouTube, com entrevistas, clipes e informações sobre shows e lançamentos do underground punk rock hardcore nacional. Lecão é um cara que sempre tá nos corres, antes ele tinha um programa de rádio, que agora migrou para o YouTube. Se liga na entrevista e assista as edições anteriores do programa aqui no Tosco Todo!!!
Você é o vocalista do Amnésia Coletiva, tinha um programa de rádio, o Vida Punk, que agora virou um programa de vídeo no youtube? Onde tu arruma tempo pra agilizar tudo isso?
Lecão - Primeiro queria agradecer essa oportunidade de estar aqui mais uma vez, a primeira foi com a banda Amnésia Coletiva e agora estou aqui para falar do programa Vida Punk.
Antes o programa era em formato de rádio na web, na rádio Palco Vale, mas a emissora parou com as atividades e as pessoas me cobravam do programa Vida Punk, ai como não sei fazer uma web rádio, resolvi fazer em formato de vídeo e a galera gostou mais dessa forma. Agora onde eu arrumo tempo? É a paixão e amor em fazer o que você gosta que faz sobrar um pouco de tempo, e aproveito que a banda Amnésia Coletiva está sempre tocando em uma pá de lugares, ai fica mais fácil de fazer as entrevistas com as bandas.

Outro dia a gente estava conversando sobre o movimento punk, e cheguei a conclusão que hoje em dia é mais um movimento musical do que de contestação, de ação direta. O que você acha que pode mudar esse cenário?
Lecão - Isto é uma verdade, hoje a turma está curtindo o movimento e não lutando por um ideal. E para mudar tudo isso temos que prestar mais atenção nas letras das bandas, mas existe muita gente fazendo algo, cada um fazendo ao seu modo.
Precisamos nos unir para fazer esse movimento Punk que eu amo tanto ser bem mais organizado. Assim seremos fortes, Sempre.

Será se o punk se afastou da periferia, perdendo espaço para o Hip hop e o Rap? Como conquistar novamente esses espaços?
Lecão - O Rap e o Hip Hop vem crescendo sim, de forma consciente que é uma boa, mais estes últimos anos em SP, Capital e interior, eu estou vendo o Punk retomando seu espaço com grandes festivais, shows com mais de 20 bandas. Resumindo, estamos migrando para outro lugares, só falta lugares na periferia funcionado como oficinas culturais etc...que isto sempre foi o punk de verdade.

O que te levou a fazer esses programas, na época da rádio, e agora no youtube?
Lecão - Quando o Claudio do PSHC e o Julio Cruz, da web rádio Palco Vale, me chamou eu aceitei pois era a oportunidade de rolar som de Punk, pois é muito difícil o nosso estilo de musica ter um espaço. E agora com formato de vídeo ficou mais interessante, pois estava cansado de ver sites usando o nome de Punk e dando noticia de Fresno, NXZero, etc...que para mim não tem nada a ver com o verdadeiro Punk Rock. Aqui no Vida Punk, o Punk Rock é levado a sério.
Vida Punk - Assista aqui todos os programas no YouTube
Eu tenho esse blog, você tem o canal no YouTube. Acredito que essa união que faz com que a cena desenrole e atinja um público maior. Você não acha que tá faltando mais união pra fazer o punk HC atingir um público fora da cena underground?
Lecão - Com certeza, como já falei, temos que ser mais unidos, assim construiremos algo bem maior. E aproveitando o espaço aqui do seu Blog que tem uma puta visibilidade, deixo em aberto para sites, blogs, etc...para aqueles que quiserem copiar o link do programa e agregar junto ao seu trabalho, é só entrar em contato comigo, pois as parcerias são sempre bem vindas.

Lecão, agradeço a atenção, e parabenizo você mais uma vez por fazer essas correrias, seja com sua banda ou divulgando outras. O espaço é todo seu, pra falar sobre algo que não foi contemplado nessa entrevista!
Lecão - Eu que agradeço, espero ter você no meu programa, pois vejo um cara batalhador que faz muito para o Punk Rock não só ai em Vitória de Conquista, mais sim para o Punk Rock nacional.
E o que eu tenho a dizer para as bandas interessadas na divulgação no programa Vida Punk, é para entrarem em contato no Face, estou com o nome normal pois eles fizeram eu tirar meu apelido, procura lá Alex de Castro Querido, ou deixa os comentários no link dos programas Vida Punk. Estamos ai para divulgar sua banda de Punk.
O programa vai ao ar de 15 em 15 dias e o próximo do dia 15 de maio será com O SATÂNICO DR. MAO E OS ESPIÕES SECRETOS, mais conhecido como Mao dos Garotos Podres. Já temos entrevista gravada com Filhos de Inácio, Lobotomia. Entrevista com Clemente da banda Inocentes. 
Então peço a galera que acompanhe nosso programa, se inscreva-se em nosso canal, curta, compartilhe e vamos todos juntos por um movimento mais forte.
Mais uma vez muito obrigado pela oportunidade cedida, e encontro vocês no programa VIDA PUNK, ONDE O PUNK ROCK É LEVADO A SÉRIO PORRA.